Jornal Diário
Marília,
FacebookTwitterYouTube

Postado em 14/07/2016 às 17:29

Mesmo com crise, varejo regional cresce e fatura R$ 951 milhões, diz Federação

Números divulgados pela Fecomércio apontam crescimento de 1,3% em abril; alta do setor de supermercados (8,3%) puxou bom desempenho

Categoria: Economia

Em abril, o comércio varejista na região de Marília atingiu o faturamento de R$ 951,4 milhões, crescimento de 1,3% na comparação com o mesmo mês de 2015. No acumulado do ano a elevação é de 4,5%, já nos últimos doze meses houve aumento de 1,5%. Os dados são da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista no Estado de São Paulo (PCCV).

O levantamento é realizado mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base em informações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz-SP).

Entre as nove atividades pesquisadas, cinco apresentaram crescimento em abril na comparação com o mesmo mês de 2015. As altas mais expressivas foram vistas nos setores de supermercados (8,3% e contribuição de 3,2 pontos porcentuais para o resultado geral), de outras atividades (7,7% e 1,9 p.p.) e de farmácias e perfumarias (8,3%, com impacto de 0,5 p.p.).

Entretanto, os segmentos de concessionárias de veículos (-24,3% e impacto negativo de 2 p.p.), materiais de construção (-19,2% e colaboração de -1,5 p.p.) e de lojas de vestuário, tecidos e calçados (-17,4% e contribuição de -1 p.p. para o resultado geral) apresentaram quedas acentuadas no mês e impediram um resultado melhor do varejo.

Empresário e diretor da Associação Paulista de Supermercados (Apas), Eduardo Kawakami afirma que o setor de alimentos tem diferenciais e se adaptou para manter as vendas. Ele acredita na melhora do cenário, já neste segundo semestre. “A empregabilidade costuma melhorar. Sempre há melhores expectativas para a segunda metade do ano. O pior já passou, eu creio”, disse.

ESTADO

Se a região de Marília teve alta, pelo segundo mês consecutivo o comércio varejista do Estado de São Paulo registrou queda nas vendas na comparação interanual. Em abril, o faturamento real do varejo foi de R$ 44,7 bilhões, retração de 3,3% em relação ao mesmo mês de 2015, quando a receita foi de R$ 46,2 bilhões. No acumulado de 12 meses, a queda atinge 6%.

Entre as 16 regiões analisadas pela Federação, nove apresentaram retração em abril na comparação com o mesmo mês de 2015. Os dois piores desempenhos foram observados nas regiões de Osasco (-14,5%) e Capital (-7,4%). Já as regiões do Litoral (6,3%) e Araraquara (4,9%) foram as melhores do Estado.

Das nove atividades pesquisadas, seis registraram queda nas vendas em abril considerando a mesma base de comparação: lojas de vestuário, tecidos e calçados (-21,6%), eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamentos (-12,9%), materiais de construção (-12,4%), lojas de móveis e decoração (-10,4%), concessionárias de veículos (-7,4%) e outras atividades (-2,7%). Esses seis segmentos, no seu conjunto, impactaram negativamente o resultado geral do comércio em 5,5 pontos porcentuais.

Já os setores de farmácias e perfumarias (13,8%), supermercados (3,7%) e lojas de autopeças e acessórios (1,3%) foram os únicos que apresentaram crescimento em abril. Esses índices positivos atenuaram a queda geral em 2,2 pontos porcentuais.

Segundo a assessoria econômica da FecomercioSP, apesar do  desempenho negativo registrado em abril, os indicadores de confiança mostram uma melhora das expectativas dos agentes econômicos diante das mudanças do quadro político e da troca de comando das autoridades econômicas. O mercado parece esperar que o protagonismo absoluto das questões políticas se reduza e abra espaços para discussões e aplicações de medidas econômicas de ajuste efetivo e de controle das atuais distorções, sem elevações da carga tributária.

Comentários

Mais Recentes

Jornal Diário

Rua Coronel Galdino de Almeida, 55
Marília/SP - CEP 17.500-100
Fone (14) 3402-5122
Fax (14) 3402-5125
diario@diariodemarilia.com.br


Jornal Diário
Páginas
Sobre
Anuncie
Assine
Expediente
Contato
Webmail
Cadernos
Polícia
Esporte
Geral
Cultura
Saúde
Página 2
Economia
Carro
Circulando
Dia a Dia
Charge
Classificados
Redes SociaisFacebookTwitterYouTube
Diário-Correio é resultado da fusão ocorrida em 1992 entre o Diário de Marília e Correio de Marília, fundado em 1º de Maio de 1928. Desenvolvido por StrikeOn