Jornal Diário
Marília,
FacebookTwitterYouTube

Postado em 30/06/2016 às 10:00

Movimento de passageiros no aeroporto de Marília tem queda de 1,8% em maio

Foi o pior desempenho para o mês em cinco anos; Marília tem o 3ª mais movimentado no transporte de carga, entre os administrados pelo Daesp

Categoria: Economia

CARLOS RODRIGUES

Números divulgados pelo Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) indicam que o aeroporto Frank Miloye Milenkovich, em Marília, registrou queda de 1,8% no número de embarques e desembarques no mês de maio, na comparação com o mesmo período do ano passado. Foi o pior desempenho para o mês de maio desde 2011, quando houve reformulação na ligação entre Marília e a Capital.

Em maio deste ano foram registrados 5.624 embarques/desembarques na cidade, em vôos regulares. Apenas uma companhia opera regularmente e oferece como destino o aeroporto de Campinas, com possibilidade de conexões ou ônibus até a Capital.

No quinto mês do ano passado foram transportados 5.729 passageiros, já no mesmo período de 2016, o Daesp computou 5.624 embarques ou desembarques. Com esse desempenho, Marília se mantém como o sexto e último aeroporto em volume de pessoas transportadas, entre os aeródromos administrados pelo órgão estadual.

Já o número de pousos/decolagens teve ligeiro aumento em Marília, no mesmo período. A aviação regular teve 161 operações este ano, ante a 158 em maio de 2015. Nesse caso, variações podem ocorrer em função de dias úteis ou cancelamentos.

Entre os sete aeroportos administrados pelo Daesp que movimentam cargas, Marília foi o terceiro com maior volume transportado no mês, atrás apenas de Bauru/Arealva e Ribeirão Preto. Foram embarcadas/desembarcadas 64,7 toneladas de produtos em maio deste ano. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, queda de 1,62%.

USUÁRIOS

Mesmo custando, em média, o triplo do valor do transporte terrestre (com passagens antecipadas), quem precisa se deslocar com agilidade para breves viagens de negócios ou turismo com conexões, o vôo entre Marília e Campinas continua viável.

O professor universitário e veterinário Fábio Manhoso utiliza essa modalidade de transporte e elogia o serviço. “O número de vôos e horários são compatíveis. A companhia oferece boa aeronave, com pontualidade. Evidente que, se tivéssemos vôos com destino a Congonhas seria bem melhor”, afirma.

Ele lembra que um gargalo na cidade ainda é o terminal de passageiros. “Essa melhoria seria muito bem vinda, mas, em geral, penso que hoje voar está muito mais acessível. Ainda há um caminho a ser percorrido, mas a democratização já começou e estamos relativamente bem servidos”, afirma o docente.

Os vôos entre Marília e Viracopos acontecem de segunda a sexta-feira, em seis horários (três de chegada e três de partida). Nos finais de semana, a companhia realiza quatro operações (duas partidas e duas chegadas).

Comentários

Mais Recentes

Jornal Diário

Rua Coronel Galdino de Almeida, 55
Marília/SP - CEP 17.500-100
Fone (14) 3402-5122
Fax (14) 3402-5125
diario@diariodemarilia.com.br


Jornal Diário
Páginas
Sobre
Anuncie
Assine
Expediente
Contato
Webmail
Cadernos
Polícia
Esporte
Geral
Cultura
Saúde
Página 2
Economia
Carro
Circulando
Dia a Dia
Charge
Classificados
Redes SociaisFacebookTwitterYouTube
Diário-Correio é resultado da fusão ocorrida em 1992 entre o Diário de Marília e Correio de Marília, fundado em 1º de Maio de 1928. Desenvolvido por StrikeOn